Administrador de Banco de Dados

Nos dias de hoje é praticamente impossível imaginar um cenário no qual uma aplicação ou sistema de aplicações, não precise em ao menos uma de suas etapas, consultar, manipular ou armazenar as informações resultantes dos seus processos lógicos.

De nada adiantaria todo o poder de processamento dos computadores atuais, as redes de altíssima velocidade e os softwares desenvolvidos com tecnologia de ponta se não fosse possível armazenar os dados de forma eficiente e segura.

Os dados precisam estar disponíveis, consistentes, íntegros, definidos, confiáveis, compartilhados e em segurança para que as decisões gerenciais sejam ágeis, precisas e oportunas.

É nesse contexto que entra o Administrador de Banco de Dados.

Ele é o responsável pela “saúde física” dos dados, isto é, pela manutenção e refinamento dos bancos de dados corporativos.

Segundo uma definição da revista Info:

Coordena, controla e acompanha as atividades de administração do banco de dados (DBA), envolvendo a instalação, configuração, projeto físico e manutenção do banco de dados atuais, a fim de agilizar e facilitar os trabalhos de desenvolvimento de sistemas, em atendimento às necessidades dos clientes, orientando quanto ao seu desenvolvimento e esclarecendo dúvidas de administração dos dados, a fim de assegurar a sua idealização dentro dos padrões de qualidade e dos prazos estipulados.

Formação recomendada: Curso Superior em Engenharia da Computação, Processamento de dados, Informática

Conhecimentos úteis: Recursos de desempenho e portabilidade (INDEX,TRIGGERS, PACKAGES, PROCEDURES), migração de plataformas, análise de desempenho de sistemas, tratamento de informação para tomada de decisão (Data Warehouse e outros), gerência de projetos.

Ferramentas: Banco de Dados Oracle, modelador de dados ERwin, SQL-Station, gerenciador de modelos ModelMart, diagnóstico de estrutura de Banco de Dados DBExaminer

Principais atividades: Manutenção e refinamento de bancos de dados, alterações na estrutura do banco para expansão e adaptações de sistemas, monitoramento e identificação de falhas para aperfeiçoamento de bancos de dados, coordenação de programadores.

Certificações-chave: Microsoft: MCDBA. Oracle: Oracle 7.3 DBA, Oracle Developer Rel. 1, Oracle DBO, Oracle8 DBA, Oracle8i DBA.

Entrevista – Prof. João Murilo

1 – Como definiria a profissão de DBA?

O DBA é o profissional que administra as bases de dados e conhecimento
da instituição. É responsável por auxiliar na modelagem de dados,
validar modelos, integrar modelos com modelos corporativos, definir e
manter padrões e normas de segurança, instalar e manter SGBD e criar e
manter instâncias de banco de dados.

2 – Como é a sua rotina, quais as suas principais atividades?

A rotina de uma DBA se divide em 3 grandes atividades: Modelagem,
Administração do software e versões do SGBD e Criação e manutenção das
instâncias instaladas. Como atividade constante é necessário que o DBA
acompanhe os tempos das consultas e administre os backup e espaços
utilizados pelas instâncias dos bancos instalados.

3 – Qual a formação que um estudante deve buscar para se tornar um bom DBA?

É desejável que um DBA conheça a área de desenvolvimento para auxiliar
na modelagem dos esquemas e monitorar as SQL criadas pelos
desenvolvedores, além de curso específico de SQL, Administração e
Ajuste do SGBD específico utilizado na instalação.

4 – Como é o mercado de certificações?

Existem certificações nos principais SGBD de mercado. Estas
certificações dão credibilidade ao profissional e permitem uma maior
empregabilidade do mesmo. Um problema existente na profissão é que as
pequenas empresas não utilizam DBA, papel assumido por um analista
experiente.

5 – Qual a faixa salarial de um DBA?

Um DBA pode ganhar a partir de R$ 1.600 (iniciante) e tem seu salário
atrelado à complexidade e criticidade da informação na empresa. Em
alguns casos chegam a ganhar R$ 10.000,00, em grandes e complexas
instalações.

6 – Qual o perfil profissional de um DBA?

Profissional técnico, com interesse em desenvolvimento, software
básico e capaz de ser um gestor. O DBA é um gestor da informação e é
ele quem normatiza os modelos e utilização dos dados.

%d blogueiros gostam disto: